Como Morar Na ESPANHA: Custos, Visto, Trabalho E Outras Informações

CONTEÚDO DESTE ARTIGO

Está pensando em morar para a Espanha? Veja este guia completo com todas as informações que você precisa saber antes de mudar para as terras espanholas!

Sem dúvida alguma este é o sonho de muitas pessoas, principalmente porque a situação do Brasil não está das melhores e há anos o país enfrenta uma crise econômica (agravada pela Covid-19).

Nesse cenário, as buscas por oportunidades fora daqui cresceram e uma das regiões mais procuradas é a Espanha, mas será que vale a pena se mudar para lá? Aqui nós trazemos um guia para te ajudar.

Custo de vida médio na Espanha

Antes de pensar em viver na Espanha é preciso avaliar qual é o custo de vida. Adiantamos que viver na Europa não é das opções mais baratas, entretanto, as terras espanholas estão entre os países mais acessíveis daquela continente.

Quando avaliamos “friamente” os dados, os resultados não são tão animadores. Segundo a Numbeo, centro de dados gerado por usuários da internet, a comparação entre Madrid e São Paulo é discrepante.

Os números mostram que viver em Madrid tem um custo de vida 42,63% maior do que a cidade de São Paulo, conhecida por ser uma das mais caras do Brasil.

Quando comparamos apenas o valor dos aluguéis, a porcentagem dispara para 59,43% a mais. Parece que Madrid é um sonho impossível, não é mesmo?

Entretanto, quando traduzimos o salário médio em Euros, os cidadãos de Madrid recebem 1.572€, já os moradores de São Paulo apenas 441,37€, resultando em uma diferença de quase 72% a mais.

Ou seja, mudar para Espanha começa a se tornar mais interessante, principalmente quando você considera morar um pouco afastado dos grandes centros. Assim como no Brasil, o valor do custo de vida decresce muito.

Em relação à alimentação, 1 kg de carne na Espanha custa, em média, 10,50€ e os cidadãos têm um salário mínimo de 950€. Ou seja, 1 kg de carne equivale a 1,1% do salário mínimo.

No Brasil, 1 kg de carne vermelha custa cerca de R$27,00 e temos um salário mínimo de R$1100,00. Sendo assim, o valor do alimento é de 2,45% do nosso salário.

Arrumando um emprego estável que pague um pouco mais do salário mínimo é possível viver bem na Espanha, mas o gargalo é, de fato, o aluguel em grandes centros.

Documentação e visto para morar na Espanha

Saber como morar na Espanha vai muito além de fazer o orçamento, é preciso ter todos os documentos em mãos e é aí que mora o problema, pois pode ser um trâmite um tanto quanto burocrático.

Como turista, o brasileiro pode ficar por até 90 dias sem muitos problemas, mas morar no país definitivamente exigem outros documentos:

  • Dupla cidadania Espanhola

Viver na Espanha tendo dupla cidadania é o caminho mais fácil! Quem tem direito ao status são os filhos e netos de cidadãos espanhóis.

O processo não é tão demorado, mas é preciso juntar diversos documentos e comprovar que você realmente tem o direito a requerer a dupla cidadania.

  • Visto de trabalho

Caso você não tenha o privilégio de possuir espanhóis na família, outra possibilidade é o visto de trabalho. Para que isso seja possível é necessário ter um contrato com empresa residida na Espanha.

  • Visto de empreendedor

Também há a possibilidade de ficar legalmente no país abrindo o seu próprio empreendimento. É um trâmite burocrático, entretanto, será possível trazer a sua família também.

Após dois anos tendo o visto de empreendedor há a possibilidade de requerer a dupla cidadania.

  • Visto de residência temporária não lucrativa

Esse documento é para quem deseja morar na Espanha, mas não tem intenção de trabalhar ou estudar. É preciso comprovar que há uma renda de, no mínimo, 2 mil euros.

Após 2 anos com este documento também é possível pedir a cidadania espanhola para ficar de vez no país.

  • Autorização de Residência Permanente

Caso você tenha a condição de pagar, no mínimo, 500 mil euros, então é possível comprar um imóvel e viver na Espanha.

Mudar para Espanha nas condições citadas não é um processo fácil (exceto se você já tiver a dupla cidadania) e aqui só abrimos as possibilidades.

O recomendado para não perder tempo e nem dinheiro é que você entre em contato com empresas que sejam especializadas neste tipo de assessoria. Eles saberão lhe direcionar da forma correta para você conseguir morar na Europa.

Oportunidades na Espanha

Agora surge a grande questão: será que existe oportunidade de emprego na Espanha? Será que realmente vale a pena mudar para lá caso o seu objetivo seja buscar um país mais estável que o Brasil?

Veja bem, em 2008 a Espanha − bem como a grande maioria dos países da Europa − passou por uma grande crise que reflete até hoje na economia do país.

A taxa de desemprego se mostrava caindo, pulando de 20% para 15% devido à reestruturação do país, entretanto, sabemos que a região foi uma das mais atingidas pelo coronavírus.

O quadro ainda não é o cenário ideal, mas se você souber falar um bom espanhol é possível que consiga um emprego bacana para se manter no país.

Uma das dicas de como morar na Espanha é já sair do Brasil com um emprego garantido lá. Além da estabilidade, fica mais fácil de conseguir o visto para se manter legalmente.

  • Como encontrar trabalhos e oportunidades

Se você já quer dar uma olhada nas vagas de emprego, alguns sites poderão te ajudar nesta busca:

Sobre as oportunidades de estudo, a Espanha conta com ótimas universidades, como:

  • Universidade de Barcelona
  • Universidade Complutense de Madri
  • Universidade Autônoma de Madri
  • Universidade Autônoma de Barcelona
  • Universidade Politécnica de Valência
  • Universidade Politécnica de Madri
  • Universidade Pompeu Fabra
  • Universidade Politécnica de Catalunha
  • Universidade de Navarra

Apesar de ensino de qualidade, os estudos nas faculdades da Espanha são pagos, podendo o valor anual variar de 800€ a 1400€ aproximadamente. Uma alternativa é trabalhar enquanto estuda para possibilitar a aplicação.

Melhores cidades para morar na Espanha

Saber onde viver na Espanha com certeza não é uma pergunta fácil, pois existem várias respostas! Há grandes cidades e centros, mas, também, cidades menores e que também oferecem boas condições. Confira:

  • Cidades mais populares:
  • Madrid
  • Valência
  • Barcelona
  • Granada
  • Sevilha
  • Bilbao
  • Vigo

 

Cidades mais baratas:

  • Castellón de la Plana
  • Jaén
  • Cáceres
  • Ourense
  • Almería curta-fanpage
  • Zamora
  • Lugo

 

Vantagens de morar na Espanha

Sabendo como morar na Espanha e um pouco do panorama do país, quais serão os pontos fortes desta decisão? Veja quais serão as principais vantagens de morar em terras espanholas:

  • Cultura

A cultura europeia de modo geral é muito diferente do que vemos aqui no Brasil − claro, à suas semelhanças por ambas serem culturas ocidentais.

Diferentes pessoas, modos, atividades de lazer, enfim, todos os dias haverá coisas novas a serem descobertas.

  • Arquitetura e paisagens

É um forte na Espanha e aos apaixonados pelas construções do Velho Mundo poderá se deliciar. E, claro, as paisagens também são arrebatadoras.

  • Novas experiências

As novas experiências de modo geral fazem qualquer viagem valer a pena. A Espanha é realmente um país e tanto.

  • Padrão de vida

Caso você consiga um emprego que pague um pouco além do salário mínimo e encontre uma moradia mais em conta, com certeza seu padrão de vida será diversificado quando comparado ao do Brasil.

Desvantagens e riscos de morar na Espanha

Agora, para balancear, quais seriam as desvantagens de mudar para Espanha? Afinal, tudo na vida há prós e contras.

  • Trabalho

Como já falado anteriormente, as oportunidades de trabalho não estão sobrando. Sendo assim, se o seu objetivo é permanecer lá, busque oportunidades ainda estando no Brasil.

Hoje em dia as entrevistas são feitas online e é possível até mesmo participar dos processos seletivos.

  • Custo de vida

Quando estamos falando dos grandes centros o custo de vida pode ser realmente elevado e inviabilizar a estadia. Se você tem em mente que irá morar no centro de Barcelona com um subemprego, talvez isso não se concretize.

  • Salário baixos

Também é um ponto de desvantagem em viver na Espanha. Os salários podem não ser dos mais altos.

Mudar ou não para a Espanha?

Dito tudo isso, qual seria o feedback final? Bem, tudo isso depende do seu momento atual.

Se estiver enfrentando muitas dificuldades aqui no Brasil, tentar algo novo pode ser uma possibilidade e tanto! Mesmo recebendo pouco na Europa, o seu padrão de vida será diferenciado.

Agora, esteja super estável aqui, pense bastante antes de arriscar. Mas, claro, se a sua prioridade for passar por novas experiências, Espanha é um bom lugar!

Independente de qual estágio da vida você se encontre no momento, esta é uma decisão difícil e que deve ser muito bem pensada.

Sobre a questão da documentação, é preferível entrar em contato com empresas ou profissionais que realizem os trâmites para assegurar que tudo será feito corretamente.

Esses são os primeiros passos para viver na Espanha! Uma coisa é certa: a vida em terras espanholas irá lhe tirar o fôlego e novas experiências sempre trazem coisas boas!

Confira também:
Gostou? Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

LIVRO DIGITAL GRATUITO!

Baixe agora a versão digital do livro “7 erros mais comuns dos brasileiros ao falar espanhol” e evite complicações ao falar espanhol em diversas situações!

PREENCHA E BAIXE: